Ódio racial: índio de dois anos é morto quando era amamentado pela mãe

21-awa

Um menino de apenas dois anos foi assassinado com um golpe de estilete no pescoço enquanto era amamentado pela mãe, em frente à rodoviária de Imbituba, cidade situada ao Sul da Grande Florianópolis. O crime ocorreu por volta do meio-dia de quarta-feira (30). Mãe e filho são indígenas da tribo Caigang de Chapecó. A Polícia acredita que o crime tenha sido motivado por ódio racial. Um suspeito chegou a ser preso no início da tarde, mas foi liberado em seguida.

De acordo com um taxista que estava próximo do local e presenciou o crime, um rapaz de camiseta branca e mochila nas costas, aparentando entre 20 e 23 anos, se aproximou da mãe, que estava sentada no chão amamentando o garoto, e sacou de um estilete, aplicando um único golpe no pescoço da criança, que morreu na hora. O menino foi identificado como Vitor Pinto.

A Polícia não prestou mais informações para não atrapalhar as investigações, mas se suspeita que o assassino tenha passado a noite na companhia do casal de índios com o garoto.

O suspeito saiu correndo e entrou num matagal, situado entre o Village e o Centro. A Polícia foi acionada e fez buscas pelas imediações. No final da tarde, um homem foi preso quando caminhava pela BR-101 e levado á delegacia, mas foi liberado por falta de provas.

FONTE: http://www.tudosobrefloripa.com.br/index.php/desc_noticias/odio_racial_indio_de_dois_anos_e_morto_enquanto_amamentado_pela_maee

Léo Duarte

Leonardo Duarte: Ex-menino de rua, hoje Fotógrafo, Educador Social e Conselheiro Tutelar.