Mulher é presa por fotografar filha de 5 anos nua e espalhar fotos na internet

 

meu-corpo

Uma mulher de 21 anos foi presa na tarde desta quarta-feira (4) por envolvimento com uma rede de pedofilia em Chapadão do Sul, a 337 quilômetros de Campo Grande. A suspeita fotografava e distribuía fotos pornográficas da filha de 5 anos e de outras cinco crianças, que ainda não foram identificadas.

De acordo com o delegado Danilo Mansur, titular da Delegacia de Polícia Civil do município, a rede de pedofilia chegou ao conhecimento da polícia depois que a Depca (Delegacia Especializada de Proteção à Criança e ao Adolescente) prendeu no dia 9 de outubro o floricultor, de 35 anos, suspeito de violentar a ex-enteada de 7 anos e distribuir vídeo com a menina via WhatsApp.

Com a prisão, as equipes de investigação descobriram que o homem enviava os vídeos do estupro para uma mulher de 41 anos, moradora de Santa Fé do Sul, município de interior de São Paulo. Em troca das imagens que enviava, o floricultor recebia vídeos e fotos da filha e da neta da suspeita, uma adolescente de 12 anos e uma menina de 5 anos.

No dia 22 de outubro, equipes do SIG (Setor de Investigações Gerais) da cidade, comandadas pelo delegado Higor Vinicius Nogueira Jorge, prenderam a mulher em sua residência e aprenderam um tablet com as imagens enviadas pelo floricultor.

“Depois da prisão da avó da menina, faltava a mãe dela. O delegado Paulo Sérgio Lauretto da Depca entrou em contato comigo e aqui realizamos diligências para prender a suspeita”, explica o delegado Danilo Mansur.

O pedido de prisão preventiva para a mãe da menina foi aceito e nesta quarta-feira ela foi presa. Novas fotos da criança em “poses sensuais” e até com vibradores na boca e nas partes íntimas foram encontradas. “A jovem e a irmã, de 12 anos, foram abusadas pela mãe durante a infância e depois que teve a filha, a suspeita passou a fazer a mesma coisa com ela”, afirma o delegado.

A principal hipótese é de que a jovem fotografava a filha, enviava as fotos para a mãe e as duas espalhavam as imagens para pessoas que se interessavam. Na delegacia, a suspeita negou o crime, mas imagens pornográficas dela com a criança também foram apreendidas pela polícia.

Ainda conforme Mansur, fotos de outras cinco crianças, com idades aparentes de 10 a 12 anos, foram localizadas em pose da mulher, e agora a polícia investiga quem são elas e se há o envolvimento de outras pessoas no crime. “Acreditamos que as crianças sejam amigas da menina de 12 anos, que morava com a mãe em Santa Fé do Sul”, defende.

A suspeita ainda perdeu a guarda da filha, que agora está aos cuidados do pai, em outro município do Estado. Ela será indiciada, assim como a mãe, por vender ou expor à venda fotografia, vídeo ou outro registro que contenha cena de sexo explícito ou pornográfica envolvendo criança ou adolescente, conforme o artigo 241 do Eca (Estatuto da Criança e Adolescente).

 

Fonte: http://www.midiamax.com.br/policia/rede-pedofilia-mae-fotografava-filha-5-anos-nua-espalhava-imagens-pela-internet-279613

Léo Duarte

Leonardo Duarte: Ex-menino de rua, hoje Fotógrafo, Educador Social e Conselheiro Tutelar.